FAQ – Perguntas frequentes

1. Quando a OPERADORA deve informar a inclusão / venda do TRIP PROTECTOR?
 

Quando o passageiro decidir pela compra do pacote / produto ou até 5 dias após a efetivação da compra.

 


2. Se o passageiro compra os bilhetes aéreos pela internet e a parte terrestre com a Operadora, o passageiro terá direito ao reembolso da parte aérea em caso de cancelamento de viagem?

Não. O passageiro terá direito ao reembolso do prejuízo (multa) aplicado ao produto comprado com a Operadora.

 


3. O passageiro pode aumentar a Importância Segurada da Cobertura de Cancelamento de Viagem a qualquer momento?


Não. O passageiro só pode optar pelo upgrade da cobertura de cancelamento de viagem, no momento do fechamento do pacote turístico.

 

 

4. O passageiro contratou o TRIP PROTECTOR com Seguro Viagem e precisa estender o período da viagem, neste caso, pode estender o seguro também?


Neste caso, deverá haver uma autorização da Ifaseg. Portanto, deve ser feito um pedido formal para liberação da extensão.


 

5​. Se quando contratou o seguro não tinha conhecimento de ser gestante e depois descobriu, como fica o seguro nesse caso?


Neste caso a gestante deverá adquirir o produto de gestante – upgrade do produto contratado para poder ter cobertura de assistência médica.

 

 

​6​. Qual o prazo para emissão do bilhete pela operadora?

 

O prazo é de 5 dias corridos a partir da data da compra da viagem ou serviço.


 

​7​. Qual o limite de idade do TRIP PROTECTOR?

 

Não há limite de idade para o Trip Protector. Há agravo de 50% no prêmio/tarifa dia para pax com idade superior a 75 anos.

 

 

​8​. Há agravo de prêmio por idade?

 

Sim, a partir de 75 anos há agravo de 50% do valor da tarifa.

 

 

​9. Há limite de idade?

 

No Seguro Viagem, não há limite de idade para os planos de até USD 100 mil de Assistência Médica. Para os planos acima de USD 150 mil, há limitação de 85 anos.

 

 

10​. Em caso de falência de algum prestador de serviço o seguro garante a viagem do passageiro?

 

A Cobertura de Quebra de Fornecedor não garante a viagem do passageiro e sim o reembolso do segurado (Agência ou Operadora) em função do prejuízo sofrido pela responsabilidade atribuída em caso de falência, insolvência e recuperação judicial de um dos fornecedores da cadeia do turismo.




​​Entre em contato com a Ifaseg e saiba mais:

Telefone: (11) 3897-9177 – Horário de segunda a sexta das 9h às 18h - waldir@ifaseg.com.brgisele@ifaseg.com.br

Rua Grécia, 510, Jd. Europa - SP
Fone:11 3897-9177 | Fax: 11 3369-6139